Passo a passo: aprenda a organizar um evento de gastronomia

7 de agosto de 2019 0 Por Trio GroupMe

Apresentar novos sabores, reunir pessoas e oferecer uma experiência agradável ao público. Há diversos detalhes que um organizador precisa pensar ao organizar um evento de gastronomia. Afinal, nada pode dar errado para os convidados.

Para você aprender a organizar um evento de gastronomia, a Trio GrupoMe reuniu todas dicas necessárias. Seguindo este passo a passo, você não vai correr o risco de cometer nenhuma gafe ou deixar seus convidados insatisfeitos.

Vamos ao nosso passo a passo?

Passo 1: escolha o local
Opte por um ambiente que ofereça algum diferencial ao seu público. Dentro deste espaço, escolha o local onde haverá a interação. O ambiente deve ser agradável, iluminado, ter uma boa decoração, ser limpo e ter uma boa acústica.

Atenção: tenha cautela, visite o local e veja se o espaço tem as condições adequadas para atender o seu público.

Fica a dica: um evento de gastronomia, por exemplo, pode ser realizado em uma cervejaria artesanal, charcutaria, vinícola ou até uma loja especializada em queijos.

Passo 2: o que oferecer no evento?
Leve em conta, sempre, o tema do seu evento e o que o seu público espera dele. Por exemplo, no “Deguste o Brasil” é importante que as comidas oferecidas sejam das regiões brasileiras, como a gaúcha, mineira, nordestina, amazônica e outras.

Uma dica da Trio GroupMe é escolher de quatro a cinco cervejas artesanais brasileiras e combinar com o mesmo número de pratos das regiões. Nosso país tem uma grande diversidade gastronômica, e esses eventos permitem que um turista vivencie vários sabores em um único momento.

Passo 3: quantidade de comida
As combinações ficam, normalmente, em torno de 500g de proteína por pessoa. Os demais são adicionais que você irá incrementar aos pratos, como farofas, caldos, pães e outros ingredientes.

Caso haja muitas opções, diminua as porções visando que os convidados consigam degustar todos os pratos.

Passo 4: quantidade de pessoas
Defina para quantas pessoas você fará o evento. Será algo mais intimista com o chef ou será algo maior onde as pessoas terão várias possibilidades à disposição? Lembre-se, sempre, do que o seu público espera e gosta.

Passo 5: apresentação
Opte por pratos criativos para surpreenda os visitantes! Na África do Sul, por exemplo, os azeites são colocados em fileiras e em frente de cada um há um tipo de pão para ser degustado.

Não se esqueça de incluir plaquinhas sinalizadoras, tábuas e bandejas. Trata-se de um detalhe criativo que vai ajudar o seu convidado a interagir com a experiência.

Passo 6: duração do evento
Recomendamos que você avalie o perfil da sua cidade. Uma cidade turística terá, normalmente, um comportamento diferente de uma cidade corporativa. Pense também na idade e intuito do seus convidados.

Passo 7: escolha da data
Defina um dia da semana e deixe o calendário aberto para três meses. Deste modo as pessoas têm tempo de se organizarem e se programarem.

Outra dica é consultar o setor hoteleiro de sua cidade para avaliar o melhor dia da semana com relação a taxa de ocupação da cidade.

Passo 8: convidados
Essa parte você deve dar muita atenção: divulgue seu evento nas mídias sociais. Com a divulgação, as pessoas vão se conectar!

Além disso, há como você conseguir fechar eventos privativos para empresas, grupos de médicos e inúmeras outras possibilidades.

Passo 9: interação   
Atenção: é necessário que haja harmonia entre a pessoa que irá apresentar o local aos convidados e o chef responsável pela comida do evento. Um irá complementar o outro com informações e curiosidades sobre os pratos.

Uma cervejaria, por exemplo, pode ser apresentada por um mestre cervejeiro que levará o público a um tour pela fábrica. Em seguida, os convidados podem ser recebidos pelo chef no ambiente escolhido. É neste momento em que haverá a explicação sobre a criação dos pratos e as cervejas que combinam com eles. 

Passo 10: valor
Defina o valor do seu evento de acordo com o que será oferecido, local e outros mimos que o convidado terá. Nunca fale em preço, pois dá a ideia de dinheiro. Fale sempre em valor.

Passo 11: recepção 
Outro detalhe importante é saber receber os convidados. Quando alguém visita sua casa, você já oferece algo para ele beber, certo?

Quando viajamos para Índia é comum que os hotéis recepcionem pessoas com colares de flores que têm uma simbologia.

Então pense em oferecer algo quando seus convidados chegarem. Lembre-se: se for um happy hour essa pessoa pode estar com fome e fazer o tour na fábrica para depois comer não seria legal.

Uma saída é oferecer a famosa caipirinha e algum petisco, algo que combine com o todo que está elaborado. Desta forma os convidados já entram no clima de acolhimento.

Passo 12: finalização
Ao finalizar o tour gastronômico, encerre com uma sobremesa brasileira. O nosso país tem doces mineiros e muitas outras opções deliciosas. Lembre-se que sempre é bacana oferecer algo para o convidado levar para casa como uma lembrança.

Dica extra: evite entregar papéis para serem lidos, afinal estamos na era digital. Com o aplicativo TriouGroup Me você conseguirá atender o grupo de convidados e enviar online o menu e outras instruções para ele. Conheça mais!

Se houver uma loja no seu estabelecimento, deixe-a aberta para que as pessoas possam adquirir outras lembranças e presentes.

Após ter seu evento definido você poderá preencher nosso formulário e participar da seleção para tours gastronômicos pelo Brasil! Que tal?